Confira dicas de alimentação saudável para cães e gatos:

A alimentação é parte fundamental para a saúde e bem-estar do seu pet. Sendo assim, incluir frutas, vegetais e proteínas, pode ser extremamente nutritivo para a dieta do seu mascote, além de proporcionar um sabor agradável e complementar as doses de ração. Mas você sabia que nem todos os alimentos saudáveis para humanos também são para cães e gatos? E que o preparo desses alimentos influencia muito em como os nutrientes serão absorvidos por esses animais? Se sua resposta foi não para essas perguntas, confira agora algumas dicas de alimentação saudável para cães e gatos.

Índice de conteúdo

Dicas de alimentação saudável para cães e gatos

1. Cuidado com a alimentação natural

2. Fique atento aos alimentos proibidos para animais

3. Escolha a ração adequada para a alimentação saudável de cães e gatos

4. Preste atenção para seu pet não consumir carboidratos em excesso

5. Observe os sinais de que seu pet está com uma má alimentação

Dicas de alimentação saudável para cães e gatos

1.   Cuidado com a alimentação natural

Muitas pessoas pensam que dar alimentos naturais para seus pets é sinônimo de boa alimentação. Mas especialistas indicam que é preciso procurar um médico veterinário para indicar uma dieta balanceada, com base em exames. É importante lembrar de escolher ingredientes naturais e sem sal. Recomenda-se que apresente 50% de proteína, 25% de vegetais e 25% de carboidratos.

A carne está entre os ingredientes básicos para a preparação de comida caseira dos pets. Portanto, cozinhar a carne é essencial para o preparo, além de verificar se a origem é de boi, cordeiro ou frango. Elas são menos gordurosas para os animais de estimação. Entretanto, peixes também são uma boa opção para alimentar seu mascote. Salmão, atum, sardinha e merluza, são os tipos de peixe mais indicados para a dieta do pet, por apresentarem altos valores nutricionais, como o ômega 3.  Portanto, cozer ou grelhar esses alimentos é essencial. Nunca frite ou empane-os.

Também não é recomendado usar sal, cebola, alho e óleo para preparar os alimentos para seus pets. Sendo assim, uma receita sem nenhum tipo de tempero é a ideal.

2. Fique atento aos alimentos proibidos para animais

Existem alimentos que são inofensivos para humanos, mas que comprometem a vida saudável de cães e gatos. Além do sal, o açúcar também é um veneno para os animais de estimação, por isso evite dar a eles doces e chocolates. Esses alimentos podem conter xilitol, substância que causa falência renal, hipoglicemia e até mesmo levar à morte. Leites e derivados também podem ser tóxicos para seu pet. Sendo assim, a maioria dos gatos e cachorros são intolerantes à lactose e sua ingestão pode causar náuseas, gases, cólicas e diarreias. Ossos também devem ser evitados a fim de impedir perfurações gastrointestinais. Além desses alimentos, existem outros diversos que podem fazer mal aos cães e gatos:

  • Abacate;
  • Carambola;
  • Frutas secas;
  • Uva;
  • Carnes temperadas e cruas;
  • Tomate verde ou com sementes;
  • Fritura e gordura;
  • Cafés, chás e refrigerantes;
  • Alho e cebola;
  • Massas;
  • Frutas com sementes.
Alimentação saudável para cães

3. Escolha a ração adequada para a alimentação saudável de cães e gatos

O mercado oferece infinitas variedades de rações, dificultando a escolha da melhor opção para seu pet. Especialistas recomendam buscar por rações premium ou super premium, que indicam a utilização de insumos de melhor qualidade em sua composição. Portanto, é necessário observar o porte, idade, estilo de vida e doenças preexistentes de seu pet. Quanto mais específica for a ração, melhor para a adaptação e alimentação saudável de cães e gatos.  Sendo assim, os veterinários também afirmam que mesmo com ingredientes de boa qualidade, há grandes quantidades de conservantes em alimentos industrializados, como as rações. Esse cenário ainda piora se a ração for de baixa qualidade. Portanto, para garantir uma alimentação adequada a seu animal de estimação, o acompanhamento de um médico veterinário é indispensável

4. Preste atenção para seu pet não consumir carboidratos em excesso

É comum o questionamento se alimentos ricos em carboidratos são essenciais para cães e gatos, já que são espécies carnívoras. Atualmente encontramos no mercado, inúmeras ofertas de alimentos, como os grain free (livres de grãos). Estes alimentos não apresentam, ou trazem em quantidades reduzidas, os cereais, mas não são isentos de amidos e fibras. Sendo assim, são fabricados com o propósito de respeitar a natureza carnívora dos cães e gatos. Portanto, carboidratos não são essenciais para pets, mas o amido e fibras favorecem o funcionamento do organismo como fonte de energia e equilíbrio intestinal.

De acordo com os médicos veterinários, a importância da ração livre de grãos, é oferecer uma alimentação saudável para cães e gatos, ou seja, uma dieta alimentar rica em proteína, lipídios e com baixo teor de carboidrato. Caso resolva mudar a ração de seu pet, troque aos poucos e misture com a normal. Fazer a mudança brusca da ração normal para a grain free pode causar transtornos no intestino do seu animal de estimação.

5. Observe os sinais de que seu pet está com uma má alimentação

A alimentação inadequada pode gerar uma série de transtornos. O principal é o ganho ou perda de peso e aumento ou ausência brusca de apetite. As principais doenças ocasionadas pela má alimentação dos pets são: desequilíbrios nutricionais, maior disposição à formação de cálculos urinários e obesidade.

Portanto, devido a todos esses fatores, é imprescindível o acompanhamento de um médico veterinário para o controle da alimentação e saúde de seu animal de estimação. A avaliação anual de um especialista, em conjunto com a realização de exames de imagem e laboratoriais, são essenciais. Sendo assim, é possível garantir que seu mascote tenha muita qualidade de vida e bem-estar.

Gostou das dicas de alimentação saudável para cães e gatos? Então, visite nosso site para ver os melhores produtos para seus pets.