É normal escutarmos muitos donos que perderam seu cãozinho, falarem que não têm ideia de como encontrá-lo. Pois é, como fazemos para encontrar um cachorro perdido?

Para ajudar os tutores nessa situação nada agradável, preparamos 10 superdicas sobre o que fazer quando seu pet fugir durante uma viagem, passeio ou pela porta da sua casa. Esperamos que você não precise utilizar essas dicas, mas, se um dia precisar, que sejam bastante úteis!

1 – Dê uma pausa em todos os seus compromissos

Todos os seus compromissos do dia podem ser remarcados, mas, a vida do seu pet está correndo mais risco a cada minuto que passa. Se tiver filhos, deixe-os sob os cuidados de parentes. Procure tirar um ou dois dias de folga no trabalho.

Faça tudo que for preciso para ter tempo de procurar seu filho de quatro patas. Esteja bem preparado, um cachorro perdido é capaz de percorrer até 15 km após 24 horas de seu sumiço.

2 – Não perca tempo

Assim como o desaparecimento de uma pessoa, para os cães, as primeiras 24 horas são de extrema importância para a busca do seu cachorro perdido. Assim que notar a falta do pet, já tome as primeiras ações.

A primeira e mais importante delas, é que a pessoa da casa que é mais próxima do animal, percorra os quarteirões mais próximos, chamando-o pelo nome.

Além de falar o seu nome, utilize outras frases que está acostumado a dizer como, por exemplo, “vamos passear”, “estou indo dormir”, entre outras. Outra boa dica, é levar o brinquedo que o seu pet mais gosta e tenha algum efeito sonoro.

3 – Comunique-se com as pessoas

Comunique as pessoas do seu bairro sobre o desaparecimento do seu cão, em especial, aqueles vizinhos que passam mais tempo em contato com a rua. Lixeiros, porteiros de edifícios, seguranças e comerciantes são pessoas com grande chance de ter visto seu fujão por aí.

4 – Foto do seu pet

Pegue a foto mais recente e com melhor resolução do seu pet, e imprima várias cópias. Utilize sua própria impressora, de um conhecido ou vá até uma papelaria. A cópia precisa estar bem nítida e com qualidade.

Vá até alguns abrigos de animais e deixe a foto do seu cachorro para que coloquem no mural de desaparecidos. Outra forma de divulgação, é colar nos postes do seu bairro.

5 – Divulgação

Para a divulgação do seu pet, é importante não fornecer muitos detalhes, além de não ajudar muito na busca, podem ser utilizados por pessoas de má fé para golpes, fraudes e afins.

Procure apenas escrever o nome do animal, cor da pelagem, o valor da recompensa e os números para contato, além da foto. Anuncie, também, nas redes sociais; elas são capazes de atingir um grande número de pessoas.

Peça para que as pessoas compartilhem e marquem seus amigos na publicação. Se preferir, anuncie nos jornais locais, sempre com as informações claras e precisas.

cachorro-perdido

6 – Recompensa

Pode parecer um absurdo para muitos, oferecer uma recompensa no caso de desaparecimento. Mas, se você pensar um pouco, gastamos sempre com o conserto do carro, ou do celular, por exemplo. Então, por que não gastar, também, para achar seu melhor amigo?

Oferecendo alguma recompensa, mesmo que não tão alta, você acaba motivando as pessoas a procurarem o cachorro perdido. Porém, não anuncie o valor nos posts e cartazes, diga apenas para quem ligar e perguntar, ou quiser descobrir após achar o cão.

7 – Não desgrude do celular

É muito importante que, os números de contato divulgados estejam perto de você o dia inteiro. Esteja pronto para atender as ligações nos primeiros toques, é bem difícil as pessoas ligarem mais de uma vez após a primeira cair na caixa postal.

Além disso, atente-se às suas redes sociais e aos aplicativos de mensagens; as pessoas podem dar notícias sobre o seu cão através de qualquer canal de comunicação.

8 – Visite clínicas veterinárias e pet shops

A visita às clínicas veterinárias e pet shops, precisa ser diária, até que o seu cachorro seja encontrado. Bom, pense se você encontrasse um cão perdido sem nenhuma informação. Provavelmente, levaria até um desses dois estabelecimentos, não é mesmo?

Ou seja, são locais que você precisa passar todos os dias.

9 – Prevenção

Quando o seu pet for encontrado, é muito importante tomar algumas medidas para que isso não volte a ocorrer. Punir o seu animalzinho, não é uma das alternativas a serem cogitadas. Isso pode aumentar o seu trauma de ter se perdido, além de despertar problemas psicológicos.

Dessa forma, providencie um pingente na coleira com o nome do pet e seu telefone, para deixar em sua coleira. Assim, essa ação pode encurtar todo o processo, caso uma nova fuga aconteça.

Então, essas foram as nossas dicas de hoje, curtiu? Sendo assim, não deixe de acompanhar o nosso blog e ficar por dentro de tudo sobre o mundo dos pets. Nele, estamos atualizando sempre os nossos conteúdos.

Obrigado pela leitura e até a próxima!