Se sua amada cachorrinha, que sempre foi saltitante e alegre, agora parece estar cansada e anda bem desanimada. Onde, antes havia muita fome, agora não há mais apetite, mas, ao invés de emagrecer, ela está ficando mais redonda. Se, além disso, ela não for castrada, agende uma visita ao veterinário, pois são alguns sinais presentes em uma cadela grávida.

Em média, a gestação canina costuma durar entre 58 e 68 dias e os primeiros sinais surgem, geralmente, por volta do 20° dia. Sendo assim, é muito importante, tanto para a saúde dos filhotes como da mãe, que a confirmação seja feita o mais rápido possível.

Então, a fim de te ajudar, preparamos esse texto com diversas informações. Vamos lá?

Quais são os sintomas de gravidez em cadelas?

Quando falamos sobre mulheres, sabemos que os primeiros sinais de gravidez são o atraso na menstruação e o enjoo constante. No caso das cachorras, não tem como seguir essa mesma linha.

Os sintomas de gravidez em cadelas, são:

  • Aumento da barriga;
  • Cansaço e mal-estar físico;
  • Redução considerável ou falta de apetite;
  • Aumento dos mamilos, que ficam também mais escuros e com pele mais sensível e fina;
  • Procura de objetos e lugares quentes e confortáveis para aninhar os filhotes, como caminhas, cobertores e quartos sem passagem de ar.

Após o 25° dia, você já pode ir até um veterinário e realizar uma ultrassonografia para confirmar a gestação. Além disso, nesse exame, também é possível ver os filhotinhos na barriga da mãe.

Como cuidar de uma cadela grávida?

Quando você descobrir que sua cadela está grávida, será preciso diminuir todos os esforços dela. Ou seja, todas as brincadeiras que exigem um maior grau de atividade como, por exemplo, correr atrás da bolinha ou praticar cooper. Recomenda-se bastante a caminhada, pois, fortalece o animal no momento do parto.

Para uma gestação saudável, é imprescindível o acompanhamento de um veterinário. A qualquer sinal de que algo não vai bem, marque imediatamente uma consulta.

Não deixe que a falta de apetite seja uma desculpa para não alimentar a cachorra. Durante a gravidez, precisa-se de um reforço em suas refeições com ração de boa qualidade duas vezes no dia, pelo menos. No começo, dê ração úmida para estimulá-la a comer e, após o 30° dia de gestação, comece a oferecer ração com mais calorias e proteínas.

Além disso, a cachorra grávida não pode ficar em um ambiente estressante, porque, pode prejudicar a gestação e provocar um parto prematuro. Procure evitar situações que possam aborrecer o animal e converse com todos da casa para que colaborem.

Na hora do parto, o intervalo entre o nascimento de um filhote e outro é de 15 minutos. O primeiro bebê costuma chegar após quatro horas das primeiras contrações. O parto deve ocorrer sem grandes dificuldades e de forma tranquila mas, caso isso não aconteça, contate um veterinário de confiança.

Para o local do parto, monte um espaço bem confortável e seguro, com papelão, material macio e lençóis. Quando a cachorra está no final da gestação, ela própria acaba montando seu ninho e escolhendo o local do parto.

cadela-grávida

Gravidez psicológica em cadela

Uma das maiores dúvidas de todos os tutores, é se, realmente a cadela está grávida, ou apenas em uma gravidez psicológica, também conhecida como pseudociese.

Isso ocorre por causa de uma série de mudanças naturais hormonais que acabam provocando o instinto, podendo acontecer com outros animais também.

Se a sua cachorra for castrada e apresentar, ainda assim, sintomas de gravidez, não tenha dúvidas que não seja real. Porém, muitas vezes precisa-se de um auxílio do seu veterinário de confiança para ter a absoluta certeza.

Em casos de gravidez psicológica, a cachorra pode produzir leite e ter um aumento nas mamas, o que acarreta em tumores e endometriose. Além disso, outros sintomas são a adoção de objetos, brinquedos ou outros animais como se fossem seus filhotes, e a criação de ninhos.

A cachorra pode ficar agressiva se alguém se aproximar de seus “bebês”, podendo, também, apresentar falta de apetite, carência excessiva e depressão.

Esse problema pode aparecer em até dois ou quatro meses a partir do cio, e costuma ir embora após duas semanas da gravidez psicológica. Mas, lembre-se que é sempre preciso a ajuda de um veterinário de confiança para o tratamento.

Então, curtiu esse conteúdo? Não deixe de acompanhar nosso blog e ficar por dentro de mais assuntos como esse. Obrigado pela leitura!