O gato miando é uma forma de comunicação que o animal possui, além de outras como, por exemplo, sua linguagem corporal. Porém, o miado constante pode acabar incomodando seus vizinhos e te gerar problemas.

Pensando nisso, preparamos essa matéria para você saber mais sobre o miado dos felinos. Então, continue a leitura e confira!

O que significa o gato miando?

O famoso “miau” possui diversos significados. Mas, quando ele acontece com uma grande frequência, se torna persistente e em horas inconvenientes, pode gerar um grande problema.

Mesmo que o gato seja seu, não há quem aguente um miado a noite inteira. O barulho acaba afetando não só você, mas também, pessoas que estão por perto.

Os felinos são muito inteligentes e, com certeza, percebem tudo. Ao miar, você acaba dando atenção para ele que, assim, fará uma associação entre o barulho e o carinho.

Os gatinhos possuem a capacidade de se expressar por meio de um grande vocabulário, assim como nós. Também têm muitos padrões vocais. Outra forma de se fazer entender, é através de arranhados e mordidas, quando não compreendemos as primeiras atitudes do animal.

Quais são os gatos mais falantes?

Como sabemos, existem muitas raças de gatos. Mas, dentre todas, há algumas que são mais vocais, tendo tendência a serem mais falantes e miando mais.

As mais famosas raças são: Siamês, Angorá, Persa, Singapura, Maine Coon, entre outros.

Como prevenir miados excessivos?

Para evitar que seu gato fique miando sem motivos, separamos algumas dicas que irão ajudar:

  • Mantenha uma rotina diária com alguns estímulos físicos e mentais;
  • Procure brincar bastante com ele, para gastar energias e, na hora de dormir, não ter que se incomodar com a vocalização durante esse período;
  • Utilize brinquedos para facilitar o gasto de energia como: arranhadores, brinquedo ratinho, almofadas, entre outros.
  • Coloque potes de comida à noite, para evitar que o gatinho te acorde por estar com fome.

Quais as razões dos miados excessivos?

Como citamos no começo do texto, uma das principais razões pela qual o gato mia, é a busca por atenção. Pode ser também por carinho, fome, cumprimentar, entre outros.

Mas, eles só insistem em miar tanto assim, porque nós, os donos, recompensamos e reforçamos esse comportamento. A grande questão é a associação entre o miado com alguma recompensa.

Então, toda vez que seu amiguinho miar, se você o alimentar ou recompensar com carinhos, ele sempre irá miar para ganhar isso novamente.

Então, o que fazer?

A decisão mais prática, rápida e eficaz a se tomar, é ignorar. Você precisa desconsiderar totalmente os miados sem necessidade do seu pet. Quando começar a miar, não olhe diretamente para ele, finja que nada está acontecendo e continue o que estiver fazendo.

Quando ele parar de miar, espere um pouco e depois de uns minutos dê o que ele queria, seja comida ou carinho. Dessa forma, ele perceberá que o miado não é mais suficiente para que ganhe as recompensas. Assim, aos poucos, irá diminuindo sua vocalização.

Esse é o melhor método para os gatos que miam com o objetivo de ganhar alguma coisa. Porém, ainda existem algumas situações que são menos comuns, onde o caso precisa ser analisado e resolvido de outras formas.

Alguns desses casos podem ser resultado de ansiedade ou super apego. Isso acontece com os felinos que são muito apegados aos seus donos, seguindo-os pela casa toda, dormindo juntos e afins.

Então, se seus donos passam muito tempo no trabalho ou viajando, eles ficam o dia todo miando, arranhando móveis, entre outras coisas.

Assim, esperamos que esse conteúdo tenha ajudado e respondido algumas dúvidas.

Para saber mais informações sobre os animais de estimação, não deixe de acompanhar nosso blog e ficar por dentro do mundo pet.

Até a próxima!