Passo a passo para seus pets conviverem em harmonia e tranquilidade

Muitas pessoas acreditam que é impossível manter um bom relacionamento com cão e gato juntos. Mas isso não é verdade. Segundo especialistas, cães e gatos não são inimigos naturais e não existem motivos para existir uma rivalidade entre eles. Entretanto, manter um bom convívio entre os mascotes pode ser uma tarefa complicada se não existir nenhuma estratégia de adaptação entre os pets.  Confira 10 dicas de como melhorar o relacionamento entre cães e gatos, e manter a harmonia entre os seus bichinhos de estimação.

Como manter cão e gato juntos?

1.Mantenha os pertences de cada animal separados

Manter os objetos de cães e gatos em ambientes separados é essencial para o período de adaptação entre eles. Portanto, especialistas recomendam manter a casinha, comedouros e bebedouros dos animais em cômodos diferentes. Isso evita disputas de território e possíveis brigas entre os animais.

2.Apresente o cheiro de um animal ao outro

Os animais se conhecem pelo cheiro. Sendo assim, pegue brinquedos ou acessórios dos pets e coloque próximo um do outro. Isso faz com que eles se acostumem com um odor diferente do deles e facilite a integração.

3.Cuidado ao colocar cão e gato juntos

Delimite o espaço da casa para os dois. No começo, é comum que o cachorro seja mais afobado e assuste o gato. Portanto, é importante os deixar separados nos primeiros dias. Essa separação é ainda mais importante se o cão ficar agressivo na presença do gato, ou vice e versa. Ao tentar deixar o cão e gato juntos, é recomendado deixá-los em uma parte da casa onde não tenha perigo deles fugirem, mas que também, não estejam próximos.

cão e gato juntos

4.Atenção no dia do primeiro contato

No dia dos pets se conhecerem para tentar unir cão e gato juntos, apresente-os com cuidado. Sendo assim, para a segurança dos mascotes, é importante que o cachorro esteja preso com uma coleira. O gato deve estar no colo do dono ou igualmente preso em uma guia. Sempre fique atento aos sinais dos pets. Eles indicam se estão se adaptando bem um com o outro ou se estão estressados, mostrando sinais que vão atacar.

5.Defina uma zona segura para deixar cão e gato juntos

Depois que os pets se acostumarem com a presença um do outro, você pode optar por deixá-los no mesmo cômodo sob supervisão. Portanto, pense em uma estratégia de fuga para o felino se defender caso o cão o ataque. Uma boa ideia é ter um arranhador ou algum móvel que o gato possa escalar.

6. Adote filhotes                                       

Se tiver essa possibilidade, adote tanto o cão quanto o gato ainda filhotes. Eles são naturalmente mais brincalhões, dóceis e menos agressivos. Sendo assim, como o ambiente é novidade para os dois, não haverá ciúmes ou disputa de território.

7.Recompense seus pets após uma boa atitude

Especialistas recomendam associar o bom comportamento dos pets com um petisco gostoso. Portanto, os animais associarão a boa convivência a comidas agradáveis, atenção e carinho. Os petiscos da Petzera podem te ajudar muito neste processo. Com muito sabor e produção de qualidade, os biscoitos All Love Superfood da Petzera, contam com ingredientes saudáveis para seus mascotes. Dessa forma, a convivência de cão e gato juntos será bem satisfatória.

8.Invista em difusores de feromônios para manter cão e gato juntos

No mercado já é possível encontrar difusores que liberam essências que contenham feromônios para facilitar deixar seu cão e gato juntos. Assim, esse produto é indicado por médicos veterinários e especialistas para adaptar os animais. Essa essência consegue acalmar os pets em diversas situações. Lembre-se sempre de comprar um produto específico tanto para gatos quanto para cachorros, já que um não é capaz de sentir o cheiro do hormônio liberado pelo produto do outro.

9. O gato tem tendência a ser dominante

É normal o gato se colocar acima de seu cão. É característico do comportamento de felinos se sentirem donos da casa e dos móveis. Quando os gatos se esfregam nos móveis e objetos, é um comportamento que indica que ele domina o território. Ao estabelecer uma relação com outra espécie, o gato que impõe seus limites. Por isso, é compreensível, caso seu cachorro fique submisso ao gato. Não repreenda o felino e sempre supervisione o relacionamento de cão e gato juntos.

10.Sempre dê a mesma atenção para ambos os pets

É essencial dar a mesma atenção e carinho para todos os animais de estimação. Os pets conseguem sentir quando estão sendo deixados de lado e ficam deprimidos por conta disso. Portanto, é essencial que demonstre que ama os animais da mesma forma.

Quando for fazer carinho no cão, não deixe o gato de lado, e vice versa. É muito importante lembrar em ter atenção na hora da alimentação também. Se for dar um petisco diferente para um pet, agrade da mesma maneira o outro.

Assim sendo, por meio dessas dicas, a convivência entre seus mascotes será tranquila e agradável, e muito em breve conseguirá manter o bom relacionamento entre cão e gato juntos!